Clube La Santa Vuelta ciclismo Lanzarote 2024
Roadsurfista
Óculos de natação Zoggs

A importância do alongamento no triatlo

Apesar do grande número de artigos científicos que abordam o tema do alongamento, ainda existem muitas perguntas que colocam dúvidas na sociedade e nos atletas.

 Todo triatleta deve saber a importância que pode ter alongamento em sua atividade esportivaPortanto, da Healthing queríamos explicar alguns aspectos básicos deles.

Um trecho é o alongamento que causa tensionamento das estruturas envolvidas, sejam eles: músculos, tendões, fáscia, cápsulas, nervos, etc.

O alongamento tem como visam aumentar a largura da faixa articular e a elasticidade músculo-tendão, além de de diminuir possíveis disfunções neuromusculares como cãibras.

Alongamentos de triatlo

Apesar do grande número de artigos científicos que abordam o tema do alongamento, ainda existem muitas perguntas que colocam dúvidas na sociedade e nos atletas:

Quando você deve alongar, antes ou depois do treino?

É melhor alongar com rebotes ou mantendo a tensão? Quanto tempo você precisa para se alongar

Neste artigo, tentaremos lançar um pouco de luz sobre esse tópico e explicar os diferentes benefícios de fazer bons alongamentos regularmente.

Primeiro de tudo, é para explicar que um trecho tem três fases:

  • Fase elástica: Esforços sem importância que produzir um alongamento do tecido e quando o tensionamento é interrompido, faz com que o tecido retorne à posição e tamanho originais.
  • Fase plástica: Esforços intensos que produzir um alongamento de tecido e, quando interrompido, alongamento do tecido dura ao longo do tempo.
  • Fase de avaria: Esforço excessivo que causa dano, bem como a falta de continuidade no tecido.

Ao longo da história, a classificação dos alongamentos tem sido variada de acordo com diferentes autores, sendo os mais amplamente utilizados e conhecidos os mostrados abaixo.

Classificação dos trechos

  • STATIC

São aqueles alongamentos que não apresentam contração muscular e são mantidos por muito tempo sem nenhum movimento ou mudança de posição.

  • DINÂMICA

São aqueles alongamentos em que o músculo antagonista se contrai com uma grande variedade de graus de movimento e sem retenção prolongada em nenhum momento.

  • ANÁLISE

São alongamentos mais passivos, específicos, potentes e precisos, o que significa que existe um maior risco de lesões por conseguir chegar mais facilmente à fase de fratura.

  • GLOBAL

Eles são alongamentos opostos aos analíticos. Eles são menos passivos, específicos, poderosos e precisos, mas a seu favor têm menos risco de lesão no momento de sua execução.

Esses esforços, realizados nas diferentes estruturas do sistema locomotor ao realizar um alongamento, envolvem efeito diferentes que variam de acordo com o mecanismo que os causa:

mesa de alongamento

Por esses motivos fisiológicos, realize alongamento dinâmico antes de começar a treinar é benéfico devido ao seu efeito térmico e circulatório que favorece a configuração do corpo para iniciar o exercício, mas estudos recentes mostraram que trechos estáticos podem influenciar negativamente no desenvolvimento da força muscular.

Por sua vez, execute alongamentos estáticos após o treino, contribui para gerar grandes benefícios por seu efeito mecânico e neurológico durante o retorno à calma para maximizar o desempenho esportivo e reduzir o risco de lesões.

Como fazer um bom alongamento?

Por fim, propomos um protocolo a seguir para realizar um bom alongamento dividido em fases:

  • Pré-alongamento
  • Tensão progressiva
  • Mantendo a tensão
  • Relaxamento progressivo
  • Rest

Recomendamos que o a duração média de um trecho é entre 30 "- 1´ sendo as fases de tensionamento progressivo e manutenção de tensão aquelas em que devemos permanecer por mais tempo, aproximadamente 25 "- 55".

Se durante a fase Nº3 a tensão diminuir acentuadamente ou até desaparecer, retornaremos à fase Nº2 e continuaremos o alongamento.

Nas próximas semanas, discutiremos os trechos mais importantes para os triatletas. Fique ligado para uma boa nota!

Mais informações http://healthing.es/

entre em contato com:

Saúde, Calle Serrano, 61. 4º andar - 28006 (Madrid)

Telefono: + 34 91 426 29 24
Foto: ITU

Não há resultados anteriores.

Publicações Relacionadas

Botão Voltar ao topo