Teste de Cooper, em que consiste

É muito provável que você já tenha ouvido falar do famoso Teste de Cooper em inúmeras ocasiões, ou mesmo que você ainda se lembre dele das aulas de Educação Física na hora de avaliar a condição física.

Hoje vamos falar um pouco mais sobre esse teste para que você possa aplicá-lo na avaliação do seu desempenho.

Onde ele nasceu e em que consiste

O Teste de Cooper tem origem militar, pois foi o Coronel Kenneth H. Cooper quem o idealizou como forma de avaliar o desempenho aeróbio de seus soldados em 1968.

A simplicidade da sua execução, o escasso material necessário ao desenvolvimento e a possibilidade de o fazer de forma massiva (vários atletas ao mesmo tempo), são os pontos fortes que definem este teste.

Basta um terreno plano e um cronômetro, pois o Teste de Cooper consiste em percorrer a maior distância possível em terreno plano em 12 minutos.

Tabela de teste de Cooper

Kenneth H. Cooper criou uma série de escalas de pontuação ou tabelas que indicam o nível de aptidão do indivíduo.

Essas tabelas foram adaptadas de acordo com a idade e o sexo, o que possibilitou uma rápida extensão do uso do teste em diferentes áreas (educação, treinamento, militar, concursos, etc.). Aqui nós mostramos a você:

 Homens

idade Menos de 30 anos De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos 50 anos ou mais
Muito má Menos de 1.600 metros Menos de 1.500 metros Menos de 1.400 metros Menos de 1.300 metros
Ruim De 1.600 a 2.199 metros De 1.500 a 1.899 metros De 1.400 a 1.699 metros De 1.300 a 1.599 metros
Regular De 2.200 a 2.399 metros De 1.900 a 2.299 metros De 1.700 a 2.099 metros De 1.600 a 1.999 metros
Bom De 2.400 a 2.800 metros De 2.300 a 2.700 metros De 2.100 a 2.500 metros De 2.000 a 2.400 metros
Muito bom Mais de 2.800 metros Mais de 2.700 metros Mais de 2.500 metros Mais de 2.400 metros

Mulheres

idade Menos de 30 anos De 30 a 39 anos De 40 a 49 anos 50 anos ou mais
Muito má Menos de 1.500 metros Menos de 1.400 metros Menos de 1.200 metros Menos de 1.100 metros
Ruim De 1.500 a 1.799 metros De 1.400 a 1.699 metros De 1.200 a 1.499 metros De 1.100 a 1.399 metros
Regular De 1.800 a 2.199 metros De 1.700 a 1.999 metros De 1.500 a 1.899 metros De 1.400 a 1.699 metros
Bom De 2.200 a 2.700 metros De 2.000 a 2.500 metros De 1.900 a 2.300 metros De 1.700 a 2.200 metros
Muito bom Mais de 2.700 metros Mais de 2.500 metros Mais de 2.300 metros Mais de .2200 metros

Além disso, idealizou uma fórmula para estimar indiretamente o Consumo Máximo de Oxigênio (VO2máx), um dos indicadores mais utilizados para avaliar a capacidade aeróbia de atletas que só pode ser medida diretamente com espirometria e teste de esforço.

A fórmula para estimar o VO2max usada no teste seria a seguinte:

VO2máx = (22 x Km percorrido) - 11

Por exemplo uma mulher de 28 anos que corre 2300m em 12 minutos terá uma boa condição física e seu VO2máx estimado no teste será: VO2máx = (22 x 2,3) -11 = 39,6 ml / kg / min

O resultado terá que ser multiplicado pelo peso corporal para obter o ml (L) de oxigênio que nosso atleta consome por minuto.

 Dicas para sua realização

Antes de começar a trabalhar, recomendamos que você siga estas orientações para o seu preenchimento:

  • Faça um aquecimento adequado e adaptado ao esforço a ser feito posteriormente (Ex: mobilidade articular, funcionamento suave, séries curtas progressivas sem atingir o stop, etc.)
  • Certifique-se de que você está no nível mínimo de condição física para fazê-lo. Por se tratar de um teste de esforço máximo, devemos levar vários meses de treinamento antes de sua execução.
  • Faça em terreno plano e estável onde podemos medir a distância, seja no solo (por exemplo, pista de atletismo) ou com um relógio GPS.
  • Evite correr em dias de fadiga, carga ou quando as condições corporais podem influenciar o resultado (por exemplo: alergia, menstruação, processos catarrais, etc.).
  • Termine com um esfriamento para normalizar a respiração e a frequência cardíaca assim que o teste for concluído.

Agora você conhece um pouco mais sobre o Teste Cooper e pode utilizá-lo na avaliação de sua condição física, mas não perca de vista nossas considerações e siga o planejamento de instrutores qualificados para melhorar de forma saudável.

Laura Garcia Cervantes
Laura García Cervantes.
Dra. Ciências da Atividade Física e Esporte

Publicações Relacionadas

Botão Voltar ao topo