• Passeio de bicicleta em Lanzarote
  • BANNER ZOGGS PREDADOR 4
  • Passeio de bicicleta em Lanzarote

Participação recorde do Triatlo Paraolímpico Espanhol nos Jogos de Paris

A Espanha se prepara para fazer história nos Jogos Paraolímpicos de Paris 2024 com a maior delegação de triatlo paraolímpico de sua história.

A nossa paratriarmada será composta por 13 atletas, número que posiciona a Espanha como um dos três países com mais representantes nesta competição, superada apenas pelos Estados Unidos e pela França.

Um árduo caminho de qualificação

Depois de um exigente processo de qualificação, Espanha conseguiu reunir uma equipa diversificada e altamente competitiva, com o objectivo de melhorar os excelentes resultados obtidos nas edições anteriores.

Desde sua estreia nos Jogos Paralímpicos Rio 2016 e sua consagração no Tokyo 2020, a seleção espanhola não parou de crescer e se consolidar como uma das líderes mundiais da modalidade.

Líderes de torcida

A liderar a seleção está o galego Susana Rodríguez (PTVI), que, junto com seu guia Sara Pérez, buscará revalidar seu título paraolímpico em Paris.

Na categoria masculina do PTVI, o valenciano Hector Catalá e seu guia, o Balear charles oliver, bem como o Madrid José Luis García “Jota” com seu guia, também de Madri Diego Mentrida, estarão presentes para defender suas posições. Vale lembrar que Hector Catalá conquistou a medalha de prata em Tóquio 2020.

Participantes novos e veteranos

Entre as novidades destaca-se o atleta Skechers de Madrid. Daniel Molina (PTS3), que após a inclusão de sua categoria poderá realizar o sonho de disputar os Jogos Paralímpicos.

Molina, multicampeão mundial, é uma das grandes apostas para conquistar o ouro em Paris. Por sua vez, a madrilena e também atleta da Skechers eva moral (PTWC), repetirá a participação buscando melhorar seu bronze em Tóquio, acompanhada de seu handler Angel Salamanca.

Salamanca Alexandre Sanches Palomero (PTS4), também estará presente em Paris, juntamente com a debutante castelhana-La Mancha Martha French na categoria feminina PTS4. Ambos buscarão se destacar e elevar o nome da Espanha.

Outro veterano é o de Almeria Jairo ruiz (PTS5), que disputará seus terceiros Jogos Paralímpicos após estrear no Rio 2016 e participar de Tóquio 2020.

Na categoria PTS2 teremos Vizcaina Rakel Matthew e o canário moral de Lionel, ambos com experiência em edições anteriores dos Jogos.

Promessas Paralímpicas 

Três atletas vão estrear-se nos Jogos Paralímpicos depois de integrarem a Equipa Caixabank Paraolímpica Promessas: as Baleares Nil riudavets (PTS4), o de Madrid Andrea Miguelez (PTS5) e a Andaluzia Diego Lardon (PTS3). Estes jovens atletas contaram com o apoio do Comité Paralímpico Espanhol (CPE) e da FETRI para alcançar esta conquista.

Calendário de competição

As competições do triatlo paralímpico acontecerão nos dias 1 e 2 de setembro e poderão ser acompanhadas pela RTVE.

No dia 1º de setembro, às 8h15, terão início os testes PTS2, PTS3, PTS4 e PTS5, enquanto no dia 2 de setembro, no mesmo horário, serão realizados os testes PTVI e PTWC.

 

Botão Voltar ao topo