Ruzafa lidera a Triarmada no Europeu Cros Triathlon

A equipe espanhola de Cros Triathlon fez sua apresentação antes da prova no Campeonato Europeu de Triatlo Multidesportivo que está sendo realizado em Bilbao Bizkaia.

A Triarmada, que lidera o quadro de medalhas deste Europeu, é um dos grandes favoritos para conquistar novas medalhas nesta disciplina que consiste em 1.000 metros de natação, 22 quilômetros de ciclismo MTB e 7.6 quilômetros de corrida (metade das distâncias para as categorias Junior e Paratriathlon).

A equipe lidera por veterano e por recorde, Ruben Ruzafa, que, além de ser vários campeões mundiais e europeus, é um dos favoritos ao ouro.

O homem de Málaga, que terminou em quinto no último Mundial, mas que chega a Bilbau com as maiores aspirações, afirmou que “chegou na melhor forma do ano, pela forma como abordou a época para mim no final do Setembro, ele entrou muito bem.

Os circuitos são muito duros, com muita inclinação, a moto funciona bem para mim, mas não é muito técnica e isso pesa um pouco em relação aos meus rivais. A corrida a pé tem muitas escadas e vai ser difícil, mas no geral estou contente com os circuitos”.

Os restantes componentes que nos vão representar no evento de elite serão Pelo Osoro,  Kevin Tarek Vinuela, Marta Bourbon y Castro Saleta.

Na categoria sub 23 eles vão nos representar Marina Muñoz que encabeça a Triarmada que é formada por Ander Michelena, Alfonso Esquerda, Joana Aposta y Andréa Trigo.

Fernando Carmona, IRené Mouro, Maria Barceló y claudia marco compõem a equipe júnior.

Ricardo Marin (PTS2), Kini Carrasco (PTS3), Marc Rodríguez y José Antonio Abril (PTS4) compõem a equipe da Paratriarmada.

Circuito difícil e complicado

Bermeo e a Reserva da Biosfera de Urdaibai tornam este Cros Triathlon europeu único.

As águas do porto de pesca até o Parque Lamera compõem o segmento de natação, enquanto os bairros Demiku, Bazaran e Artike, bem como as trilhas ao redor de Katillotxu e Trikuharria e a parte mais pitoresca de Bermeo compõem a corrida de bicicleta e a pé

A dureza do circuito é comprovada pelo facto de ser muito rápido, com subidas longas, íngremes e duras enquanto as descidas, sem descanso e sem áreas técnicas excessivas, vão permitir que os atletas 'voem'.

A seção pavimentada que serve de ligação ao circuito pode marcar a chave.

horário

O teste é realizado neste Quinta-feira, 22 de setembro, a partir das 14h.

Publicações Relacionadas

Botão Voltar ao topo