O Tour retira a reclamação ao espectador que causou a queda "Tenho vergonha e tenho medo"

Conforme relatado por Vanguardia, O Tour de France retirou o processo contra o espectador que causou um queda maciça durante a primeira fase da corrida

"Assumiu proporções insanas“, disse o diretor do Tour à AFP no início da 6ª etapa.

"Queremos acalmar as coisas e acima de tudo que a mensagem passe para o público. É uma questão de lembrar as medidas de precaução no roteiro do Tour. Todos deveriam se acalmare", acrescentou.

"Todos devem se acalmar", diz o diretor do Tour

La Mulher de 30 anos velho, 4 dias após o acidente rendeu-se à polícia e continua detido na delegacia de Policia. Agora ele enfrenta uma investigação por seu desempenho imprudente.

Tudo  pode acabar com uma multa de milhares de euros e até mesmo uma pena de prisão até dois anos caso algum dos corredores sofra lesões graves que os mantenham fora das estradas por mais de três meses.

Ela afirma ter medo de sinais de ódio você recebeu desde o incidente. "TEla tem um sentimento de vergonha e medo das consequências de seu ato, ela diz que está angustiada com o impacto da sua estupidez na mídia”, Explicou a promotora de Brest, Camille Miansoni.

A mulher queria enviar uma mensagem de amor aos avós

Segundo o jornal francês Le Parisien, a mulher “queria enviar uma mensagem afetuosa à atenção dos avós, que são espectadores incondicionais e regulares do Tour de France”, explica o procurador Miansoni.

O ventilador deu um sinal com a legenda “Allez Opi-Omi! (Vamos avô e vovó! Num misto de francês e alemão) ”.

Publicações Relacionadas

Botão Voltar ao topo
Alterar as configurações de privacidade