Eneko Llanos participará da edição inaugural do vi half gasteiz.

A primeira edição do evento de média distância que acontece no dia 4 de junho não poderia ter convidado melhor.

Planícies de Eneko será um profeta na sua terra e será um dos mais de 450 atletas que largarão no vi meio gasteiz.

Eneko Llanos, apelidado no mundo do triatlo como `O Kaiser´ como sinal do respeito conquistado e sua presença física, acompanhou a evolução desta primeira edição do vi half gasteiz e, depois de conquistar recentemente o terceiro lugar no Campeonato Espanhol da modalidade realizado em Pamplona, ​​Llanos quis levar aproveitando o seu excelente estado em forma para competir em casa e apoiar a organização do vi meio gasteiz com a sua participação e experiência.

O triatleta local é, sem dúvida, um dos melhores atletas do Alava e pioneiro no triatlo. O seu currículo inclui vários títulos nacionais, duas presenças olímpicas (Atenas e Sydney), um campeonato mundial de triatlo de longa distância, campeão mundial XTERRA e vitórias e pódios no prestigiado circuito Ironman, entre os quais se destaca a sua segunda posição. em Kona em 2008. Atualmente é o campeão do Ironman de sua cidade natal, Vitória.

Uma lista de check-out de alto quilate

Eneko Llanos junta-se a um não negligenciável cartaz de elite para uma primeira edição.

 Em Garaio, onde começa este vi meio gasteiz, serão medidos dois homens que subiram ao pódio do Campeonato Espanhol de Distância Longa em maio passado, como o basco Mikel Ugarte e o catalão ROger Manya.

Outro triatleta registrado é o valenciano Joan Colin Sócio de Ugarte na equipe profissional da ANB.

Nas fêmeas, destaca-se a presença do catalão Sarah Loehr, atual ouro paralímpico em Tóquio como guia para a galega Susana Rodríguez, que volta a competir no meio-fundo após um período de hiato em que se concentrou em seu ciclo paralímpico.

Outra história do triatlo nacional como o sevilhano Maria pujol que após sua recente maternidade voltou às competições, recentemente se autoproclamando campeã da Espanha por clubes somando sua experiência à ANB e outra recente adição é a triatleta canária, sediada em Vitória e campeã da Espanha em distância média em 2017 Ruth Brito.

Na ausência de 2 semanas para encerrar a participação da elite, sem dúvida já temos show garantido para o próximo dia 4 de junho.

A partir das 12h30 em que se dará a largada Vitoria-Gasteiz e a província de Álava será o epicentro do triatlo nacional

Publicações Relacionadas

Botão Voltar ao topo
Alterar as configurações de privacidade