Roadsurfista
Óculos de natação Zoggs
Clube La Santa Vuelta ciclismo Lanzarote 2024

Saleta Castro e Sara Loehr: "O Ironman 70.3 Cascais Portugal é um teste espetacular, para repetir!"

{wbamp-meta name=”image” url=”images/stories/noticias_07/saleta-castro-sara-loer-talk-ironman703cascais.JPG” width=”300″ height=”150″}

Os triatletas espanhóis Sara Loehr e Saleta Castro ficaram em 2º e 5º respectivamente no IM 70.3 passado de Cascáis, ambos alcançando um desempenho brilhante.

Em setembro passado, a primeira edição do Ironman 70.3 Cascais Portugal, onde os triatletas espanhóis tiveram um desempenho notável. Sarah Loehr foi o 2º, atrás da anfitriã Vanessa Fernandes, que levou a vitória. Por sua parte Castro Saleta obteve o 5º lugar e Patricia Good Era 7º.

Para Sara e Saleta, o Ironman 70.3 em Cascáis foi um pequeno passo onde somaram bons pontos para se qualificarem para os campeonatos mundiais IM 70.3 e Ironman 2018 respectivamente. Falámos com eles para que nos contassem a sua prova, como são os circuitos e também a sua opinião sobre o IM 70.3 em Cascais.

Vídeo promocional Ironman 70.3 Cascais 2018

Saleta Castro (5º classificado no IM 70.3 Cascais)

Saleta Castro em iroman

Nadando diferente, saímos de uma praia, chegamos a outra praia onde fizemos a volta americana, voltamos a treinar no mar e finalmente saímos no porto. Gostei, estava muito bem sinalizado.

O percurso da bicicleta teve uma primeira parte totalmente plana onde foi muito rápida, depois entramos no circuito de F1 o que deu um pouco de impressão de ver todo o circuito só para triatletas… uma boa experiência! E a secção final da moto foi um pouco difícil, havia um pequeno portão onde subíamos e descíamos numa descida bastante técnica. Por fim, o trecho final do setor de ciclismo foi dificultado pelo forte vento lateral que soprava na via costeira, que para mim foi a parte mais bonita porque estávamos perto da praia.

A corrida a pé foi pelo centro de Cascais, toda cheia de público, muito bem sinalizada e com um ambiente incrível. Este circuito também teve sua resistência com alguns altos e baixos, um pouco de quebra de perna.

Para finalizar, devo dizer que, pela primeira vez neste IM 70.3 de Cascais, foi realizado um teste de dez, com refrescos muito completos, uma atmosfera espetacular e uma organização dos melhores, no auge de Frankfurt ou Lanzarote.

A cidade é muito bonita, e também podes ver que tem uma grande cultura desportiva, praticamente Cascais toda fechada ao trânsito. O 70.3 em Cascais é um teste altamente recomendado… repetir!

Sara Loehr (2ª classificada em IM 70.3 Cascais)

Sara Loerh a competir no Ironman 703 Cascais

IM 70.3 Cascáis é um teste localizado em um lugar espetacular. Era a primeira edição e, embora tivesse acabado de correr a 70.3 em Vichy na semana anterior, tive o privilégio de estar lá. Uma organização incrível que me deu tudo o que eu precisava para me sentir em casa, me deixou tranquila e focada para o dia da prova.

A natação era muito agradável, boa temperatura, um mar espetacular e algo divertido, tendo que sair da água nos primeiros 400mts para a praia ao lado e entrar novamente para terminar os 1.900mts no porto onde estava a caixa.

O segmento de bicicletas tem duas partes, uma primeira muito rolante até o km 50 e a partir daí começa a irregularidade, passando pelo circuito de motocicletas do Estoril, uma área bonita, uma vez que essa seção é passada por onde um pequeno porto sobe Os últimos 15 km já são planos, passando pelas espetaculares falésias e com um vento soprando na sua bunda.

A corrida a pé é dura, com uma inclinação constante que te faz perder as forças, mas a quantidade de público que existe sempre te anima. Pela minha parte foi uma boa corrida já que consegui um bom 2º lugar, estou muito contente com o desempenho que tive e sem dúvida se o meu calendário o permitir no próximo ano volto.

Mais informação: Ironman 70.3 Cascais Portugal,

 Fotos Castro Saleta, autor Mitchel ProSport Foto / Sara Loehr @Qbio_bio

Não há resultados anteriores.

Publicações Relacionadas

Botão Voltar ao topo